Pesquisar este blog

Ajuda a gente??? =)

Atitude e Sabor

Confúcio foi convidado a jantar na casa de um homem desconhecido. Este desejava conhecer o grande mestre. Quando Confúcio entrou, sentou-se como era de praxe, foi servido das entradas, fizeram cortesias habituais até que se serviu o prato principal. Como era um especialista gastronômico, Confúcio provou a comida e a achou um tanto temprada demais, com o gengibre passando da regra.

O homem lhe perguntou: "está bom, Mestre?"

Confúcio respondeu: "De fato, está um pouco temperado demais, com um molho bastante específico e próprio. O aconselhável seria um tempero mais neutro; é mais cortês para com os convidados".

Sem ficar triste, o homem respondeu: "mestre, perdoe o atrevimento, mas o senhor mesmo disse: apenas provando algo podemos saber seu sabor. Tenho outros pratos aqui feitos de modo apropriado, mas é que eu gostaria que o senhor desse seu parecer sobre meu tempero. Sei que me arrisco, mas quando poderia ter uma opinião tão verdadeira como a sua? Entre a cortesia e a sinceridade, o senhor tem a justa medida. Ousei para achar o ponto certo. Perdoe-me."

Confúcio o olhou, sorriu e disse: "não gostei do tempero, mas apreciei deveras sua atitude!".

E ao longo da noite dividiram muitos vinhos, admirando-se mutuamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário